terça-feira, 19 de outubro de 2010

França nesta 3ª f: Três milhões e meio de pessoas na rua

As manifestações de hoje em França estão a ter uma adesão semelhante à de uma semana.
Realizadas nas vésperas da decisão parlamentar sobre a passagem da idade da reforma de 60 para 62 anos, as manifestações em Paris (duas confluindo) e em dezenas de cidades francesas estão a revelar grande pujança. Sarkozy não quer ceder mas a França está contra ele.
     em Lille

Mais uma vez provocadores (infiltrados pelo poder) fizeram ontem destruições. E as televisões foram generosas em passar imagens delas, associando-as a  bandeiras da cgt.

1 comentário:

Sopro leve disse...

A impressa faz o papel dos seus patrões...
Eles têm necessidade de tentar passar a imagem de que os trabalhadores não estão a lutar pelos seus direitos, mas que estas manifestações são feitas por vândalos e criminosos...
Mas isto é algo que já é normal, no jornalismo do sistema, jornalismo feito por meia de dúzia de vassalos pagos a peso de ouro, e muitos... muitos... jornalistas que fazem parte da precariedade que está enraizada na exploração existente...
Enfim, os jornalistas nem para eles são bons.